Acumulado do igpm 2022

Calculo Certo

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) é um índice de inflação utilizado no Brasil para medir a variação de preços de um conjunto de produtos e serviços utilizados pelas famílias de classes A, B e C e pelas empresas, no período de um mês. Ele é calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e é composto pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC) e pelo Índice Nacional de Custo da Construção (INCC).

O acumulado do IGP-M é a variação do índice em um determinado período de tempo, geralmente um ano. É um indicador importante para o mercado financeiro, pois é utilizado como referência para a correção de contratos de financiamento, aluguéis e outros instrumentos financeiros que possuem reajuste pelo índice de inflação.

Em 2022, o acumulado do IGP-M tem apresentado uma tendência de alta, com um aumento de preços em alguns setores da economia, como o de construção civil e de produtos alimentícios. Isso tem sido reflexo da alta nos preços dos insumos e dos salários dos trabalhadores, que tem impactado diretamente no custo final dos produtos.

Apesar da alta do IGP-M, o Banco Central do Brasil (BC) tem mantido a meta de inflação em 4,5% para 2022, com tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou para menos. Isso significa que a inflação pode ficar entre 3% e 6% neste ano, sem que haja necessidade de ajustes na política monetária.

Para controlar a inflação e manter a estabilidade econômica, o BC tem utilizado a taxa Selic como principal instrumento. A Selic é a taxa básica de juros da economia brasileira e é utilizada como referência para os juros praticados pelo mercado. Quando a Selic está alta, os juros também tendem a ficar mais elevados, o que pode desacelerar o consumo e a inflação.

Em resumo, o acumulado do IGP-M em 2022 tem apresentado uma tendência de alta, reflexo da alta nos preços dos insumos e dos salários dos trabalhadores. No entanto, o Banco Central do Brasil tem mantido a meta de inflação em 4,5% para este ano e utilizado a taxa Selic como principal instrumento de controle da inflação.

IGP-M varia 0,59% em junho, aponta FGV| EuQueroInvestir

EuQueroInvestir