Como a onu vê o aumento da utilização de métodos anticoncepcionais

Atenção humanizada ao abortamento

A Organização das Nações Unidas (ONU) tem uma visão positiva do aumento da utilização de métodos anticoncepcionais em todo o mundo. Isso se deve ao fato de que a utilização de métodos anticoncepcionais tem um impacto positivo na vida das pessoas e na sociedade como um todo.

Para começar, a utilização de métodos anticoncepcionais é fundamental para garantir a saúde reprodutiva e sexual das mulheres. Ela permite que as mulheres tenham o controle sobre o próprio corpo e a própria fertilidade, o que pode levar a menos gravidezes indesejadas e abortos inseguros. Além disso, a utilização de métodos anticoncepcionais também pode ajudar a prevenir o contágio de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), como o HIV.

Além disso, a utilização de métodos anticoncepcionais também pode ter um impacto positivo na economia e no desenvolvimento social de um país. Quando as mulheres têm o controle sobre a própria fertilidade, elas podem ter mais oportunidades de educação e de trabalho, o que pode levar a um aumento da renda e da independência financeira. Isso, por sua vez, pode ter um impacto positivo na economia do país como um todo, pois as mulheres passam a ser uma força de trabalho mais ativa e produtiva.

A ONU também reconhece a importância de garantir o acesso universal a métodos anticoncepcionais. Isso inclui garantir que todas as pessoas tenham acesso a informações e serviços de saúde de qualidade, bem como garantir que os métodos anticoncepcionais estejam disponíveis de forma acessível e a preços acessíveis.

Em resumo, a ONU vê o aumento da utilização de métodos anticoncepcionais como uma medida positiva, pois ela tem um impacto positivo na saúde reprodutiva e sexual das mulheres, no desenvolvimento social e econômico de um país e na garantia do acesso universal a métodos anticoncepcionais.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS - UFAL ESCOLA DE ENFERMAGEM - EENF CURSO DE  ENFERMAGEM JÉSSICA SOARES DOS ANJOS BARBOZA Utiliza

RI/Ufal - Universidade Federal de Alagoas