Guerras punicas quem venceu

As Guerras Púnicas As Guerras Púnicas consistiram numa série de três guerras  que opuseram a República Romana e a República de Cartago, cidade-estado  fenícia, - ppt carregar

As Guerras Púnicas foram uma série de três guerras travadas entre Roma e Cartago, duas potências da antiguidade. Elas ocorreram entre 264 a.C. e 146 a.C. e tiveram uma grande influência no mundo antigo, já que marcaram o fim do domínio cartaginês e o início da hegemonia romana na região do Mediterrâneo.

A primeira Guerra Púnica foi iniciada porque os romanos queriam controlar o comércio de sal, enquanto os cartagineses queriam proteger seus interesses comerciais na ilha de Sicília. A guerra durou 23 anos e terminou com a vitória romana, que conseguiu expulsar os cartagineses de Sicília e estabelecer seu domínio sobre a ilha.

A segunda Guerra Púnica foi iniciada quando Cartago, liderada por Aníbal, tentou se vingar da derrota na primeira guerra e reconquistar os territórios perdidos. A guerra foi travada principalmente na Península Ibérica e na Itália, onde Aníbal obteve várias vitórias notáveis, como a Batalha de Trébia e a Batalha de Canas. No entanto, a guerra terminou com a vitória romana, graças à estratégia do general romano Publício Escívio Máximo, que conseguiu derrotar Aníbal em Zama, na Tunísia.

A terceira Guerra Púnica foi iniciada quando os cartagineses, liderados por seu general Scipião, tentaram se vingar da derrota na segunda guerra e reconstruir seu império. A guerra foi travada principalmente na África e terminou com a vitória romana, que destruiu Cartago e estabeleceu seu domínio sobre a região.

Em resumo, as Guerras Púnicas foram uma série de três guerras travadas entre Roma e Cartago, que terminaram com a vitória romana e o fim do domínio cartaginês. Elas tiveram um impacto significativo na história antiga e marcaram o início da hegemonia romana na região do Mediterrâneo.

Como Roma conseguiu vencer Cartago na Segunda Guerra Púnica? - Quora

Quora