Curling olimpiadas de inverno 2022

Com Rússia fora do páreo, Olímpiadas de inverno terão disputa acirrada no  quadro de medalhas | | Ganhador.com

O curling é um esporte de inverno que consiste em duas equipes de quatro jogadores que competem em um campo de gelo para lançar pedras de granito polido para o centro de uma círculo concêntrico, também conhecido como "house". O objetivo é colocar o maior número de pedras o mais próximo possível do centro do house, enquanto ao mesmo tempo tenta impedir que a equipe adversária faça o mesmo.

O curling foi incluído nas Olimpíadas de Inverno pela primeira vez em Chamonix, França, em 1924, e desde então tem sido um esporte popular nas Olimpíadas de Inverno a cada quatro anos. Nas Olimpíadas de Inverno de 2022, que serão realizadas em Pequim, na China, o curling será um dos esportes mais aguardados.

Os jogos de curling são disputados em duas partes, cada uma com oito ends, ou rodadas. Em cada end, cada equipe lança duas pedras, e o time com a pedra mais próxima do centro do house ganha um ponto. Se ambas as equipes tiverem pedras no house, a equipe com a pedra mais próxima do centro ganha os pontos. Se nenhuma das equipes tiver uma pedra no house, nenhum ponto é marcado.

O curling é um esporte de tática e estratégia, pois os jogadores precisam pensar cuidadosamente em como posicionar suas pedras e também como afetar as pedras da equipe adversária. Os jogadores também precisam ser hábeis em lançar as pedras com precisão e controle de velocidade, pois o gelo é liso e as pedras podem facilmente deslizar para longe do alvo.

Nas Olimpíadas de Inverno de 2022, o curling será disputado em duas categorias: masculino e feminino. Cada equipe é composta por quatro jogadores, sendo um lançador, um segundo, um terceiro e um skip. O skip é o líder da equipe e é responsável por tomar as decisões táticas durante o jogo.

Com a popularidade crescente do curling nas Olimpíadas de Inverno, é provável que vejamos algumas das melhores equipes do mundo competindo pelo ouro em Pequim em 2022. Será um espetáculo emocionante para os fãs de esportes de inverno e um ótimo momento para ver alguns dos melhores jogadores de curling do mundo em ação.

Atleta australiana consegue liberação para competir com Covid nas Olimpíadas  de Inverno

Gazeta Brasil